Thiago Noronha Vieira, Advogado

Thiago Noronha Vieira

(81)Aracaju (SE)
696seguidores398seguindo
Entrar em contato

Sobre mim

Advogado empresarial, trabalhista e cível.
Advogado, sócio do Álvares Carvalho & Noronha - Advocacia Especializada (@acnlawadvocacia) em Aracaju/SE. Membro da Escola Superior de Advocacia (ESA/SE). Pós-Graduando em Advocacia Empresarial pela PUC-MG. Atuante nas áreas do Direito Empresarial, Direito Condominial, Compliance, Direito de Startups, Direito do Trabalho, Direito do Consumidor e Direito Civil.
Contato: thiagonoronha@acnlaw.com.br | (79) 99824-6050 | @thiago.nvieira

Principais áreas de atuação

Direito do Consumidor, 20%
Direito do Trabalho, 20%
Direito Empresarial, 20%
Direito Civil, 16%
Outras, 24%

Correspondência Jurídica

Serviços que realizo como correspondente jurídico
Peças
Cargas
Recursos
Andamentos
Audiências
Conciliação

Primeira Impressão

(81)
(81)

81 avaliações ao primeiro contato

Direito Administrativo

Direito Civil

Direito Imobiliário

Direito Previdenciário

Direito de Família

Direito do Consumidor

Mais avaliações

Comentários

(390)
Thiago Noronha Vieira, Advogado
Thiago Noronha Vieira
Comentário · há 4 dias
@jairalvesmartins

Concordo integralmente com tudo que o colega disse.

Inclusive, adoto prática semelhante, desde a não incentivar a troca de patrono no curso da causa, evitar dar pareceres sobre causas sob outro patrocínio e deixar claro ao cliente que o substabelecimento e/ou revogação da procuração deve garantir os direitos do colega. Afinal, não quero aos outros aquilo que não desejo para mim.

O caminho do substabelecimento deve ser o ideal, ainda mais quando a condução é feita de forma ética e correta. Porém, o doutor deve saber que, nem sempre, a relação cliente/advogado é permeada pelo ideal, mas pelo real. Neste sentido, a visão do artigo foi demonstrar que o cliente não precisa ficar "refém" (muitas aspas aqui) de um advogado, pois a relação é essencialmente de confiança e personalíssima.

Porém, obviamente, quanto menos traumática for essa mudança (e consciente), melhor.

Muito obrigado pelo seu comentário e sua contribuição ao artigo.
Thiago Noronha Vieira, Advogado
Thiago Noronha Vieira
Comentário · há 17 dias
Prezada @fatimaburegio,

Vou te contar outro segredinho. Estou doido para que um cliente precise que faça uma sustentação no TRF da 5ª Região para eu finalmente conhecer o Recife e, por tabela, também conhecê-la. Quem sabe em breve um dos dois não consegue visitar o outro?

Só o tempo dirá.

Mas a admiração e o respeito é inteiramente recíproco e fiquei feliz com a lembrança.

Sobre o artigo em si, uma delícia de ler!

Aqui em Sergipe eu sou um dos embaixadores (alô, @JusBrasil, me nota!) da plataforma. Sempre que faço palestras aos jovens colegas que estão para receber a "vermelhinha" eu conto com bastante empolgação do quanto este portal me ajudou e ajuda. No passado, talvez, mais ainda porque tinha mais tempo (prioridade) em produzir conteúdo aqui.

Com a correria dos prazos e do escritório ainda nascente, a atenção fica dividida e hoje sou mais leitor e menos produtor de conteúdo no JusBrasil.

Porém, mesmo assim, conheço boa parte da galera que também se destaca aqui no estado por fazer um marketing de conteúdo sério, ético e orientado para dar informação à sociedade, um dos papéis da advocacia. Assim como você, Dra. Fátima, valorizo o trabalho de quem se esforça para fazer isso.

Um grande abraço deste seu admirador da terra das araras e dos cajus .
Atenciosamente,
Thiago Noronha.
Thiago Noronha Vieira, Advogado
Thiago Noronha Vieira
Comentário · há 18 dias
Dr. @sergiomerola85 , parabéns pelo artigo.

Primeiro, por ser um tema tão necessário e pouco trabalhado no dia a dia do advogado. Segundo, pela clareza de ideias e na forma didática como apresenta a questão.

Eu venho de um universo de startups e inovação. Então, sou fissurado em "costumer sucess" (sucesso do cliente) e foco na dor. Quando um cliente vem para mim com uma demanda, eu tendo identificar claramente qual a dor que está por trás daquilo. Entendendo a dor, fica muito mais fácil dialogar com ele, gerar empatia, confiança e segurança para que ele firme contrato comigo.

Entender a dor (a demanda em si) é fundamental para passar segurança e fazer seu cliente se sentir confortável em contratá-lo. Todo cliente quer tranquilidade. E todos nós sabemos que a maior queixa de clientes é o descaso/falta de informação para o cliente por parte de seu advogado.

Brigar por preço é ficar no oceano vermelho da advocacia generalista. Saber seu valor é o primeiro passo para avançar ao oceano azul de possibilidades e valorização.

Quem primeiro tem que valorizar é o próprio profissional ao precificar seu trabalho.

Abraços e continue com excelentes artigos como esse.

(Há) braços!

Perfis que segue

(398)
Carregando

Seguidores

(696)
Carregando

Tópicos de interesse

(89)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros advogados em Aracaju (SE)

Carregando

ANÚNCIO PATROCINADO

Thiago Noronha Vieira

(79) 99824-60...Ver telefone

Entrar em contato